quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Civittanova Marche/ Itália!

Essa semana me peguei andando por aquelas ruas mentalmente. Apesar de estar localizada na Itália, não tem todas aquelas ruazinhas estreitas e charmosas, ainda a modo à antiga. São ruas modernas, com caixas de som tocando músicas boas nas avenidas principais. Lojas feitas apenas com máquinas de moedinhas, que você poderia comprar desde um refrigerante , e lanches (coisa normal), até uma tomada. Era uma das poucas viagens que a gente fez por conta própria, sem estar com o grupo de escola/ guia turístico.

Eu estive lá duas vezes, e nosso passatempo era, ir é claro, nos outless da vida, ( lojas com roupas e artigos esportivos com várias promoções), ir à praia (que o mar nem se compara com o do Sul da Itália) e passar sufoco com várias pessoas estranhas e ser salvos por brasileiros, e comer no mc donalds. Sim, isso mesmo, pode parecer uma coisa besta e impensável, mas ver um mc donald's na itália era quase tão emocionante, quanto ver uma latinha de guaraná antartica em um freezer (que diga-se de passagem eu vi UMA ÚNICA VEZ).

Essa história do brasileiro, foi a seguinte, a gente estava decidindo onde sentar na praia, e as cadeiras de praia são pagas, coisa de 3 euros por cada cadeira (se fosse 3 reais tava bom.. mas 3 euros, dio...). Dai nós sacamos que os donos da barraca estava se olhando muito, e pareciam estar planejando algo, fiquei mega bolada, e já tinha até pagado as cadeiras.

Nisso falei com as meninas, 'vamos sair daqui..!'...ai a gente ficou pensando em como, sem tomar prejuizo. Eu sei que peguei o telefone, e comecei a falar em italiano com meu 'namorado', como se estivesse indo encontrar com ele.. e fui nos cara, e falei que não ia ficar com as cadeiras, que queria o dinheiro de volta (mega cara dura não?).

Bem, eles não entenderam bem, e não gostaram muito, mas me devolveram, e começamos a andar até bem longe. E sentamos em um lugar.. e o cara que foi atender a gente, viu a gente falando em português e começou a falar em português também. É uma coisa boba, mas era a sensação de segurança que eu queria naquela hora, um rosto amigo (novo), e brasileiro.

Retomando a cidade, fica a 1 hora e meia de trem da Castelraimondo, que é a cidade que vizinha a que eu morava, na Reggio Marche. E era essa mobilidade que eu sinto saudade, da gente poder pegar um trem, e ir passar o dia, e voltar, super de boa, não pagando muito, e rapidinho! Vale a pena conhecer a cidade, mas é bom sempre ficar mais a tento, evitar ruas estranhas e escura, e se informar antes os horários de trem/ônibus, isso para qualquer viagem que não tenha um guia, ou alguém para você recorrer!

Outro detalhe importante dessa cidade, é que na avenida principal dela, haviam postes 'musicais'... que criava todo um ambiente agradável. Uma graça a cidade num geral!

Bem, é isso!
Beijos pra quem passar por aqui!

2 comentários:

Fábio S.D. 25 de setembro de 2009 09:47  

Que top em!!!

E aquele "namorado" que você estava falando no tel??? Era bonito? AhUAhAUAuAh

Mais já sei! Quando eu for a Itália tu seras a minha guia!!

E as praias?? Ficam cheias iguais as daqui do Brasil? E os biquines???

Curiosidades de marinheiro de primeira viagem! Rs...

Beijinhossss!

Sheee 25 de setembro de 2009 10:19  

que nada! é tudo tão diferente.. nao tem gente vendendo as coisas na praia..os bikinis são IMENSOS.. e nem ficam cheias.. (pelo menos as q eu fui nao..)mas tem cidade mais badaladas (tipo Rimini)..
Pow.. meu namorado era lindo, e brasileiro mesmo..to fora de italiano!rs

bjusssss

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

BlogBlogs.Com.Br